<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15488631\x26blogName\x3dPortagemBlog+-+A+ponte+entre+o+passad...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://portagemblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://portagemblog.blogspot.com/\x26vt\x3d5720869566317118064', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

 

DIA DA MÃE - 6 de Maio


No proximo dia 6 de Maio assinala-se mais um Dia da Mãe. Aproveite esse dia para recordar as suas proprias lagrimas e risos. As suas derrotas e as suas vitórias. As suas dores e as suas feridas. Tudo o que de bom e mau a sua vida tem e teve e que só a sua Mãe conseguiu aceitar incondicionalmente. Apenas ela nos consegue acolher na verdadeira dimensão das nossas fraquezas. É esta a verdadeira dimensão "sobrenatural" da Nossa Mãe.


___________________________________________________________________


Poema à Mãe - Eugénio de Andrade


No mais fundo de ti
Eu sei que te traí, mãe.

Tudo porque já não sou

O menino adormecido
No fundo dos teus olhos.

Tudo porque ignoras
Que há leitos onde o frio não se demora
E noites rumorosas de águas matinais.

Por isso, às vezes, as palavras que te digo
São duras, mãe,
E o nosso amor é infeliz.

Tudo porque perdi as rosas brancas
Que apertava junto ao coração
No retrato da moldura.

Se soubesses como ainda amo as rosas,
Talvez não enchesses as horas de pesadelos.

Mas tu esqueceste muita coisa;
Esqueceste que as minhas pernas cresceram,
Que todo o meu corpo cresceu,
E até o meu coração
Ficou enorme, mãe!

Olha - queres ouvir-me? -
Às vezes ainda sou o menino
Que adormeceu nos teus olhos;

Ainda aperto contra o coração
Rosas tão brancas
Como as que tens na moldura;

Ainda oiço a tua voz:
Era uma vez uma princesa
No meio do laranjal...

Mas - tu sabes - a noite é enorme,
E todo o meu corpo cresceu.
Eu saí da moldura,
Dei às aves os meus olhos a beber.

Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo a tua voz dentro de mim.

E deixo as rosas.
Boa noite. Eu vou com as aves.




Fábrica Robinson
Largo do Jardim Operário, nº 5
7300-096 Portalegre
Telef. 245 301680
Fax: 245 330412

 
 

1º Grande Prémio de Atletismo da MArginal de Vila do Conde - Póvoa de Varzim

Clique na imagem para ampliar


Mais informações em: http://www.5-sentidos.com/schooleventos/atletismo/


 
 

O Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre apresenta:


Dia 16 de Junho – Charlie Musselwhite
Grande Auditório
Inicio 22.00h
Preço único 15 €

É a mistura entre o Country selvagem e a guitarra eléctrica do Blues de Chicago que faz a imagem de marca de Charlie Musselwhite, e a razão porque que chamou a atenção de músicos conceituados como Ben Harper e Tom Waits (artistas que o convidaram a participar nos seus discos e a tocar ao vivo com eles). Foi esta sua imagem, de personalidade forte e carisma que fez Musselwhite receber uma série de prémios de Blues, e a admiração e o respeito dos seus heróis: Howlin' Wolf, John Lee Hooker e Muddy Waters. John Lee Hooker foi mesmo o padrinho de casamento de Musselwhite.

Ao longo da sua já longa carreira, Musselwhite lançou dezenas de álbuns, tendo sido nomeado por 6 vezes para os Prémios Grammy, e contribuiu com o seu talento para muitos outros álbuns vencedores ou nomeados para os Grammy, de músicos como Bonnie Raitt, The Blind Boys of Alabama. Colaborou ainda com artistas de estilos musicais tão diversos como os já mencionados Tom Waits, John Lee Hooker, Ben Harper e INXS.

A versão do Blues de Musselwhite é muito diferente da ideia convencional. O artista está simplesmente interessado em música com sentimento, ou como ele a define, “Música do âmago, do coração”.

“Para mim, tudo têm a ver com o que eu sinto, e a relação que crio com as pessoas. E o Blues, se é o verdadeiro Blues, têm de estar saturado com emoção. É sobre a Verdade, e a comunicação com o público que vai aos meus concertos”.

A sua relação com os seus fãs é muito especial. Essa conexão tem sido forte desde o início da sua carreira: “Já conversei com veteranos da guerra do Vietname que me disseram que a minha música foi muito importante para eles durante o conflito. Também conversei com pessoas com problemas de álcool, que me confessaram que os inspirei a abandonar o vício, casais que se conheceram em concertos meus e que acabaram por se casar.”

Do seu último álbum, Delta Hardware”, Musselwhite simplesmente diz que, "Estou a tentar ser o mais real possível. Para o ouvinte, espero que seja como uma viagem, que cada música os transporte para um lugar especial, e que no fim do disco fiquem contentes pelo passeio."

Charlie Musselwhite foi recentemente honrado com o Prémio de Carreira do “Monterey Blues Festival” e o “San Javier Jazz Festival”, em Espanha, e ainda o “Prémio do Governador do Mississippi para Excelência nas Artes”.



CENTRO DE ARTES DO ESPECTÁCULO DE PORTALEGRE
Praça da República, 39
7300-109 Portalegre
Tel.: 245 307 498
Fax.:245 307 544

 
 

O Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre apresenta:


Dia 07 de Julho – Lydia Lunch – Real Pornography
Grande Auditório
Inicio 22.00h
Preço único 10 euros
Real Pornography
Apresentação Multimédia por Lydia Lunch.
Acompanhada pela música de Terry Edwards e Ian White.
A Arte-Vídeo de Marc Viaplana e Josep M Jordana.
Tradução simultânea bilingue em Francês, Alemão, Italiano ou Espanhol.

"Em época de mentiras universais, dizer a verdade é um acto revolucionário "
George Orwell


REAL PORNOGRAPHY:

É uma performance multimédia que utiliza música improvisada e vídeo para dramatizar o poder da Palavra Falada.

Real Pornography explora a possibilidade de que a feroz resposta da Mãe Natureza à sua violação, com as recentes ondas de destruição e calamidades naturais, bem pode ser a retribuição para os pecados do Homem, que se recusa a reconhecer a maldade dos seus actos, projectando a sua doença, acusando outros dos mesmos crimes cometidos no falso nome da Democracia e da Liberdade.

Real Pornography examina o ciclo de abuso e dominação, onde os “pais” cruéis espalham medo e preconceitos, criando um pânico generalizado, onde a única rebelião possível que resta aos indivíduos é o reclamar da sua capacidade para o Prazer, que lhes foi roubada por loucos e maníacos, cuja dominação tirânica está a transformar o planeta num cenário de Guerra ensopado em sangue, cheio de morte e destruição.

Lydia Lunch têm uma carreira de já três décadas de confrontação, caracterizada por uma honestidade inflexível e um activismo inflexível na denúncia da cada vez maior Pornografia da realidade do nosso mundo.

Além dos seus muitos álbuns a solo, Lydia Lunch colaborou com inúmeros co-conspiradores, como Foetus, Thurston Moore, Sonic Youth, Rowland S. Howard/Birthday Party, Die Haut, Jim Coleman, Hubert Selby Jr., etc.


Os Músicos:

Nos últimos 25 anos, Terry Edwards tocou trompete, guitarra e uma série de outros instrumentos com alguns dos mais conceituados artistas contemporâneos, como Barry Adamson, Billy Bragg, Gallon Drunk, PJ Harvey, Nick Cave, Robyn Hitchcock, Madness, etc. Gravou também inúmeras “John Peel Sessions”, na BBC, e andou em digressão com Tom Waits aquando do seu álbum temático “The Black Rider”.


Ian White toca percussão e tudo o que faz um barulho ensurdecedor há mais de 20 anos. É baterista dos Gallon Drunk, além de compositor de bandas sonoras para filmes e para a BBC.

Marc Viaplana & Josep M. Jordana, são respectivamente fotógrafo e artista de vídeo baseados em Barcelona, tendo já recebido inúmeros prémios e bolsas. Conspiraram também com variados músicos e com Lydia Lunch na realização de “Willing Victim”, DVD encomendado em 2003 pelo “Festival des Masochismus”, em Graz, na Áustria.


CENTRO DE ARTES DO ESPECTÁCULO DE PORTALEGRE
Praça da República, 39
7300-109 Portalegre
Tel.: 245 307 498
Fax.:245 307 544

 
 

CLUNK! em Arroios

Clique na imagem para ampliar

 
 

Apresentação Turma Hip-Hop II

Dias 20 e 21 de Abril em Santo António das Areias
Clique na imagem para ampliar

 
 

Marvão RockFest 2007

Exclusivo PortagemBlog



O Verão está a aproximar-se e com ele, também os festivais regressam um pouco por todo o país. Pelo segundo ano consecutivo, Marvão organiza o RockFest, mais uma vez em Junho e com a presença de grandes bandas do panorama musical português.

Por enquanto não se sabe muito: dois dias de festival já estão garantidos (22 e 23 de Junho), com “BunnyRanch” e “The Poppers” em destaque.

Ainda não há um programa definitivo pelo que se espera o cartaz oficial. Entretanto vão certamente surgir novidades até ao início do Marvão RockFest 2007.


Patrocinador oficial: